domingo, 4 de novembro de 2007

Vale dos anjoS


É no vale da eternidade que flutuam anjos inocentes, aneladas donzelas que ao peito carregam a flor do sonho, atiço de uma vereda candente, de um caminho onde meu corpo adormece e a alma transponho. O azul vai alto, na brandura de um momento onde a natureza fulmina a expressa criatura, sincero é o sobressalto, que amanhece no olhar da madrugada loucura. A cada coração que passa um anjo oferece o jasmim embrulhado em ramos de ventura. Longa é a asa que me conduz, ao olhar que enfeita a fogueira, pranto de um riso que seduz, que me despe a alma em pacifica brincadeira. Do seu sopro soltam-se bálsamos de um mar em espirais, que me despenteiam e assaltam o corpo em novelos de arrepios outonais, rajadas que me colam as vestes e moldam a sua imagem, ficando o lábio que o beijo lança na sua voragem. Em sossego o jardim estende-se sobre a rede, por entre árvores e brumas de montanhas vestidas, é no clarão que ardem fábulas de salvação, amores em sede, ânsias que jorram em paixões rendidas. Pedes-me, a palavra que esquadra cada aresta do nosso espírito informe, as letras de fogo que declaro como um arado que sulca as terras do nosso prado, a sombra de uma tela que dorme, a sílaba que contorce e eclode na melodia de um beijo alado. Refugiamo-nos no vestido do azul em fervor, como um falcão que esbarra no fulminar do amor, e movemo-nos numa fina poeira de madrepérola que estremece, num deslumbramento que nos agarra o olhar e o coração enobrece. Juntos escutamos o jogo das ondas em compassos delirantes, e unidos, lançamo-nos no vórtice de um abraço apaixonante, como ilhas de amor eterno, espelho dos que voam em sentimento fraterno, nas asas em esplendor, nas almas que flutuam no vale do amor…

16 comentários:

MEU DOCE AMOR disse...

Fechei os olhos e vi.

Belo.

Um beijo doce querido Mago.

Miosotis disse...

Como seria supremo partilhar de um espaço assim!
Texto belíssimo onde a alquimia dos seres se conjuga...

Um beijo

Bruxinhachellot disse...

Asas que carregam sonhos e que sobrevoam nossos mais profundos sentimentos. Adorei seu texto. Senti-me flutuar na imaginação patrocinada por suas palavras.

Beijos cirandeiros.

Som Do Silêncio disse...

Mago dos Sonhos
Quem me dera eu habitar esse vale cheio de amor...
Um beijo sereno

Claudia Perotti disse...

é a primeira vez que não sei oq dizer diante de um texto seu. Extasiei!

Beijinhossssss

Branca disse...

Olá doce mago!
Passei por cá só para estar nos teus sonhos um pouquinho...
Adoro estar aqui, saio daqui a respirar melhores pensamentos...

Beijinhos e boa semana :)

Sereia Azul* disse...

Mago dos Sonhos... há SentidoS que nos surpreendem...

Adorei saber-te.

Uma brisa de mar no teu coração

Sereia Azul*

Um Momento disse...

Como é bom sentir este vale...

(*)

Bruxinhachellot disse...

Voltei pra dizer que deixei-te um desafio no meu Labirinto.

Beijos comentados.

MEU DOCE AMOR disse...

Acabo de chegar ao Vale do Amor e fico por aqui à tua espera.Por onde andas ,ser Encantado?

Um beijo doce

Maria disse...

que lindo texto!da vontade viver nesse lugar :))beijinho doce

Kênia Garcia disse...

Lindos textos e belas imagens.

Beijos!

PAH, nã sei! disse...

Passei para deixar um doce beijo...

Branca disse...

Ainda não voltaste cá doce mago...
Volto outro dia à tua procura...
Fica bem!
Beijitos :)

K.S... disse...

lindo mundo este:) adoro tb as imagens são exelentes.. bj

MEU DOCE AMOR disse...

Mas por terras andas tu meu Mago?

Que te faz tão ausente?Que sonhas procuras?

Passei com o meu Trovão,para te deixar um beijo doce e agora parto à tua procura.Hei-de encontar-te.